FANDOM


Sheilla Castro
Sheilla Castro.jpg
Sheilla

Nome completo

Sheilla Tavares de Castro

Data de nascimento

1 de julho de 1983

Local de nascimento

Belo Horizonte, MG

Posição

oposta

Clube atual

Sollys/Osasco

Sheilla Tavares de Castro é uma jogadora bicampeã olímpica brasileira de voleibol. Atua como oposto e defende atualmente o time de vôlei de Osasco.


Biografia Editar

Os primeiros contatos com o vôlei foram muito cedo, nas aulas de educação física no Instituto Izabela Hendrix. Em pouco tempo Sheilla já jogava no time do colégio. Aos 13 anos, incentivada pelo técnico e professor do colégio, Olyntho Nunes de Avelar Júnior, fez um teste no Mackenzie Esporte Clube.


Clubes Editar

Após entrar no Mackenzie em 1997, as atuações no clube levaram Sheilla à primeira convocação para a Seleção Mineira juvenil. A partir daí, Sheilla defendeu o Estado de Minas Gerais em muitas oportunidades, sagrando-se Campeã Brasileira pela primeira vez em 2000. Logo foi convocada para a Seleção Brasileira Juvenil, onde foi Campeã Sul Americana e Mundial. Bernardinho abordou Sheilla a se unir ao Paraná Vôlei Clube, mas o Mackenzie vetou a proposta. No fim do ano 2000, com apenas 17 anos, Sheilla se transferiu para o o outro time de Belo Horizonte, o MRV/Minas de Fofão e Cristina Pirv, onde atuou por 4 temporadas. Em 2002, era campeã da Superliga. Em 2004, depois de ter se destacado na equipe, Sheilla aceitou um novo desafio: atuar na Itália. Foi contratada pelo Scavolini Pesaro, uma das principais equipes da liga Italiana. Mais tarde no Pesaro teve a companhia da ponteira da seleção brasileira Marianne Steinbrecher (Mari), e a liderança de tanto o técnico da seleção, José Roberto Guimarães, como seu auxiliar e preparador físico do time, o também brasileiro Ângelo. Foi sob o comando de Ângelo que Sheilla e Mari sagraram-se campeãs do Campeonato Italiano de vôlei e a Copa CEV na temporada 2007/2008. Em 2008, a atleta voltou ao Brasil para defender a equipe do São Caetano/Blausiegel, juntamente com as companheiras de seleção Mari e Fofão, onde permaneceu pelas temporadas de 2008/2009 e 2009/2010. A equipe do ABC paulista ficou na 3ª colocação da Superliga em ambas as temporadas. Já na Superliga 2010/2011, com o fim da parceria do time de São Caetano com a empresa de medicamentos Blausiegel, Sheilla e Mari se transferiram para a equipe do Unilever/Rio de Janeiro, onde sob o comando de Bernardinho e junto com duas jogadoras da seleção - a líbero Fabi e a levantadora Dani Lins - foram campeãs da Superliga 2010/2011 sobre o Osasco. Na temporada seguinte foram vice-campeãs perdendo para o mesmo Osasco. Após a final, Sheilla acertou sua transferencia para o Sollys/Osasco, onde foi campeã sul-americana e mundial de clubes, inclusive sendo eleita a melhor jogadora do Mundial.


Seleção Editar

Quando a seleção brasileira sofreu uma crise, no início dos anos 2000, com as então principais jogadoras da seleção pediram dispensa, por problemas de relacionamento com o técnico Marco Aurélio Motta, Sheilla teve a oportunidade de disputar seu primeiro Campeonato Mundial, no ano de 2002. Mas, por contar com jogadoras muito jovens e inexperientes, o Brasil não fez um bom campeonato, amargando a sétima colocação. Com a saída de Marco Aurélio, o técnico José Roberto Guimarães assumiu o posto de comandante da seleção. Com isso, as jogadoras que anteriormente haviam pedido dispensa retornaram e a jovem seleção do Mundial de 2002 foi desfeita, deixando Sheilla de fora das Olimpíadas de Atenas 2004. Mais tarde, em 2005, a seleção passou por uma inteira renovação, Sheilla foi reconvocada e se destacou na seleção, ajudando na conquista de todos os títulos disputados naquele ano, sendo eleita melhor jogadora em duas competições e ganhando a confiança da torcida. Em 2006, pela Seleção Brasileira mais uma vez deu show e foi bicampeã do Grand Prix e eleita a melhor jogadora do torneio. No mesmo ano, foi vice-campeã mundial, sendo a maior pontuadora do Brasil na competição. O ano de 2007 foi o ano da decepção, nenhum título pela Seleção Brasileira, sendo o maior destaque a terrível derrota na final do Pan do Rio de Janeiro 2007 para a renovada Seleção de Cuba. A seleção ficou com a medalha de prata na Copa do Mundo de Vôlei, que classificou o time automaticamente para as Olimpíadas de Pequim. Em 2008, Sheilla foi campeã do Grand Prix de Voleibol de 2008 e do torneio de voleibol olímpico. Nas Olimpíadas, foi a maior pontuadora brasileira, e ficou na lista das dez melhores atacantes e das cinco melhores bloqueadoras do torneio. Depois de ganhar os Jogos Pan-Americanos de 2011, a seleção teve desempenhos abaixo da média nos outros torneios do ano e da primeira metade de 2012, se classificando para as Olimpíadas de Londres apenas na eliminatória sul-americana. Apesar de chegar desacreditada a Londres e beirar a desclassificação na primeira fase, Sheilla ajudou a seleção a chegar ao bicampeonato olímpico, sendo escolhida como Melhor Sacadora da competição.


Títulos Editar

Seleção

Jogos Olímpicos de Verão: 2008, 2012 Grand Prix de Voleibol:2005, 2006 , 2008 e 2009 Sul-Americano de Volei Feminino:2005,2007, 2009 e 2011 Copa dos Campeões de Volei: 2005 Copa Pan-Americana: 2006,2009,2011 Campeã Sul Americana Juvenil (2000) Campeã Mundial Juvenil (2001)

Clubes

Sul Americano de Clubes - 2012 Mundial de Clubes de Volei Feminino - 2012 Campeã CEV Cup - Scavolini Pesaro 2008 Superliga de Volei - MRV/Minas 2001/2002 e Unilever/Rio de Janeiro 2010/2011 Campeã Italiana - Scavolini Pesaro 2008 Campeã da Supercopa Italiana - Scavolini Pesaro 2006 Campeonato Mineiro de Voleibol:2002 e 2003 Campeonato Carioca de Voleibol:2011 Campeonato Paulista de Voleibol:2012 Campeã Brasileira Juvenil (2000) Campeã do Troféu Valle d'Aosta (2005 e 2006) Campeã do Montreaux Volley Masters, ex-BCVCup (2005, 2006 e 2009) Torneio de Voleibol Final Four, Fortaleza 2008

Títulos individuais

MVP do Troféu Valle d'Aosta(2005) MVP da Copa dos Campeões(2005) Maior Pontuadora da Copa dos Campeões(2005) Maior Pontuadora do Campeonato Italiano(2006/2007) Melhor Saque da Copa CEV(2006) MVP do Grand Prix de Voleibol(2006) Melhor Atacante do Sul-Americano((2007) Melhor Atacante da Superliga Brasileira de Voleibol(2008) Maior Pontuadora da Superliga Brasileira de Voleibol(2008) MVP do Grand Prix de Voleibol(2009) Melhor Sacadora da Superliga Brasileira de Voleibol (2009/2010) Melhor Atacante da Superliga Brasileira de Voleibol (2009/2010) MVP da Superliga Brasileira de Voleibol (2010/2011) Melhor Atacante da Superliga Brasileira de Voleibol (2010/2011) Melhor Pontuadora da Superliga Brasileira de Voleibol (2010/2011) MVP da Copa Pan-Americana(2011) MVP do Sul-Americano(2011) Melhor Sacadora da Superliga Brasileira de Voleibol(2011/2012) Melhor Atacante da Superliga Brasileira de Voleibol(2011/2012) Melhor Sacadora da Olimpíada de Londres 2012[5] Maior Pontuadora do Campeonato Mundial de Clubes 2012 MVP do Campeonato Mundial de Clubes 2012


Fontes Editar

[1] [2] [3]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória